Arquivo da categoria: Notícias & Eventos

Primavera paulista

EDITORA OFICINA RAQUEL PARTICIPA DA PRIMAVERA DOS LIVROS DE SÃO PAULO COM LANÇAMENTOS E TÍTULOS SOBRE FUTEBOL

Image

Roberta Ferraz, autora de Saturação de Saturno: abertura da Primavera de SP.

A Oficina Raquel aposta em paixões: por isso, o futebol, grande paixão nacional, e a poesia, capaz de transformar sentimentos em versos, são os dois eixos vocacionais da editora. Estamos presentes, organizando ou participando de eventos que, além de promover a leitura, dão a ler essas paixões, que encontram solo fértil nos textos de um time de grandes autores que temos a alegria de ter por perto.

A Oficina Raquel estará na Primavera dos Livros de São Paulo, na Praça Dom José Gaspar, no Centro, nos dias 10, 11 e 12 de abril. A editora, neste ano de Copa do Mundo, promove a aproximação do público da feira com títulos que falam sobre a ‘paixão nacional’ do brasileiro; aliando futebol e poesia, a abertura será feita por Roberta Ferraz (foto), autora da Oficina Raquel, que, em 2013, lançou o belo livro de poemas Saturação de Saturno.

Estarão à venda na Primavera dos Livros, promovida pela Liga Brasileira de Editores (Libre), além, é claro, das Saturações de Saturno, de Ferraz, o recém-lançado De pernas para o ar – minhas memórias com Garrincha, de Gerson Suares (autor que é enteado da cantora e viúva de Garrincha, Elza Soares); Dez campos, de Jorge Fernandes da Silveira; ’38 círculos, de Luis Maffei, e Contos da Colina – 11 ídolos do Vasco e sua imensa torcida bem feliz, de Maffei, Nei Lopes e Mauricio Murad; Pequena morte – futebol-arte, antologia poética que reúne poetas e ensaístas; Cronicaturas de futebol, de Fernando Miranda; e Olaria – a conquista da taça de bronze, de Marcelo Paes.

“A coletânea da Oficina Raquel sobre livros de futebol oferece uma leitura multidisciplinar. O leitor poderá pensar o futebol sob as suas diversas perspectivas, além de promovermos o diálogo entre o esporte e a literatura. Neste momento, estamos vivendo uma situação única, com o acontecimento da Copa do Mundo no Brasil, momento oportuno para intensificar a leitura e as discussões sobre o assunto. Hora do borbulhar de opiniões e de colocarmos nossas convicções sobre futebol à prova”, analisa Raquel Menezes, diretora da Oficina Raquel.

Os visitantes que passarem pela Primavera dos Livros encontrarão também os últimos lançamentos da Oficina Raquel: Os três desejos de Octavio C., de Pedro Eiras, O prisioneiro do mundo, de Nelson Sargento, Poética e filosofia da paisagem, de Michel Collot, em primeira tradução brasileira, Signos de Camões, de Luis Maffei e o infantil A menina que não gostava de meias, de Simone Magno, entre outras obras de destaque.

 

SERVIÇO

PRIMAVERA DOS LIVROS DE SÃO PAULO

10 a 12 de abril/2014

Praça Dom José Gaspar – Centro – São Paulo

Editora Oficina Raquel – estande 47

Realização: Liga Brasileira de Editores (Libre)

Parceria: Biblioteca Mário de Andrade e Prefeitura de São Paulo

Apoio: BNDES

Grátis!


Maria Teresa Horta: “Azul cobalto”

Image

Maria Teresa Horta é artista da palavra celebrada em Portugal, reconhecida por seu engajamento político que ultrapassa questões partidárias para atingir o cerne daquilo que há, talvez, de mais político no fazer humano, que é o ato de fazer literatura. A escritora segue, pois, os apontamentos de Jacques Rancière, em Politique de la littérature (2007), que parte da hipótese de que a política da literatura, não dizendo respeito a uma política divulgada por escritores ou ao engajamento pessoal de um ou outro poeta nas lutas sociais de seu tempo, implica que a literatura faz política pelo simples fato de ser literatura, pois que existe um vínculo essencial entre a política como forma específica da prática coletiva e a literatura como prática definida da arte de escrever.

Assim, o poder do literário finca-se em terrenos que excedem o do belo, ou o do panfletário, mas que se caracterizam pela arte que difundem, pelas ideias que espalham, pelo belo que leva ao incômodo, ao questionamento, à reflexão. Ato político inerente ao literário.

Atenta às questões do feminino, da política de seu país e a tantas outras questões que perpassam sua arte, Maria Teresa Horta oferece, agora, ao público brasileiro, em publicação pela editora Oficina Raquel, uma coletânea de contos que se desdobram, por uma temática que remete à mulher, especialmente à relação entre mãe e filha, em configurações imagéticas que dão à leitura questões pertinentes à atualidade.

Image

O conjunto de seu texto faz referência a questões antigas na literatura, especialmente a portuguesa, como o fingimento e a relação com a História do país, mas também toca assuntos em voga no campo dos estudos literários, a saber: o diálogo entre as artes – a pintura que serve de capa ao livro e um de seus contos, por exemplo, possuem um diálogo belíssimo, proporcionado pela qualidade do texto de MTH -; a temática neobarroca – como a sensação de desconcerto, a inquietação, a mutação da mulher que ganha asas – e, obviamente, questões atemporais, tais como as que permeiam o universo feminino, tão bem ilustradas na epígrafe da obra: “Voar, é o gesto da mulher, voar na língua, fazê-la voar.” (Hélène Cixous).

Na página oficial de Maria Teresa Horta no Facebook, foi publicado o seguinte:

“«AZUL COBALTO»: DOZE CONTOS DE MTH NO BRASIL

A maquete da capa do livro «Azul Cobalto», título de um dos doze contos de Maria Teresa Horta que integram o volume, foi ontem enviada à escritora pela editora Oficina Raquel, do Rio de Janeiro,que anuncia a sua publicação para o próximo mês de Março. Questões burocráticas atrasaram a edição brasileira, inicialmente prevista para o ano passado, deste livro de contos de MTH – todos eles já publicados em Portugal, onde se mantêm entretanto dispersos por vários livros e revistas. Os contos agora coligidos no Brasil são, além de «Azul cobalto», «Lídia», «Calor», «Uriel», «A Princesa espanhola», «Com a mão firme e doce», «Raízes», «Laura e Juliana», «Efémera», «Eclipse», «Leonor e Teresa» e «Transfert». «Calor» é uma versão revista de um conto publicado no «Expresso» em 17 de Março de 1973, sob o título «Mónica». A utilização mais tarde, por esquecimento da autora, do mesmo título num outro conto com um entrecho completamente diferente (este já publicado no Brasil na colectânea «Intimidades», de várias autoras, e actualmente editado em e-book pela Dom Quixote-Leya em Portugal), levou Maria Teresa Horta a reescrever o conto do «Expresso» e a dar-lhe um novo título.”

***

Em breve, a Oficina Raquel promoverá o lançamento de Azul cobalto. Estudiosos da obra de Horta, interessados em literatura portuguesa e amantes do belo (e do político) literário não deverão perder o evento.


Oficina de futebol – Brasil na Copa

A Oficina Raquel não poderia estar de fora dos debates sobre Futebol.

Em parceria com a Saraiva, a Oficina cria uma seleção de debates futebolísticos, toda primeira sexta-feira do mês, de agosto a novembro de 2013, aquecendo o campo de discussão deste popular e muitas vezes polêmico tema: o futebol.

Oficina de futebol – Brasil na copa debaterá temas ligados ao futebol e ao momento que vive o Brasil em relação ao esporte mais popular do mundo, pois o país é sede da Copa do Mundo de 2014. Os convidados são autores ligados ao futebol como espaço nobre de reflexão. Logo, além da abordagem de temas atuais, em cada encontro será discutida uma ou mais obras, feita(s) pelos escritores presentes.

Na estreia, foram escalados o autor Luis Maffei, que em 2012 publicou o livro Contos da Colina – 11 ídolos do Vasco e sua imensa torcida bem felizo ex-jogador do Vasco da Gama e atual gerente da SAFERJ, Willian César e o jornalista que comanda o site do GLOBO A pelada como ela é, Sérgio Pugliese para mediar um encontro que tratará de craques.

Dia: 02/08 

Local: Saraiva do Shopping Rio Sul

Horário: 19h

Wilian

Willian César

Sérgio Puglieses

Sérgio Pugliese

_MG_8695

Luis Maffei


Luis Maffei lança seus “Signos de Camões”

No último dia 10 de junho, Luis Maffei, lançou seu mais recente livro, os Signos de Camões, da Editora Oficina Raquel, no evento Um dia de Camões II. O lançamento contou com a presença de amigos, estudiosos da literatura, pessoas que apreciam a boa poesia em geral.

IMG_2263

Em Signos de Camões,  tendo como desconhecida a data de aniversário do autor d’Os Lusíadas, Luis Maffei propõe um texto para cada signo do zodíaco, de forma a supor, mais que a configuração celeste do momento do nascimento de Camões, temas e formas poéticas a figurarem nesses seres de papel, imaginados e muito bem desenhados pela mão do autor.

IMG_2293

Luis Maffei ao passear pelos signos do zodíaco com a destreza de um astrólogo, cria, com a iluminação sugerida pelo nome que partilha com o grande poeta português, um Camões diferente a cada casa zodiacal.  Ao leitor é oferecido o deleite de textos escritos com maestria, muitos em difíceis formas fixas camonianas e da poesia ocidental, num instigante exercício de leitura, pois o próprio autor se impôs, para a escrita do livro, a tarefa de ler, pensar e imaginar possíveis signos camonianos para buscar, enfim, compreender e aproximar-se da poesia do grande vate.


Mais um gol (desta vez no estilo Garrincha) da Oficina Raquel

A Oficina Raquel e seu mais novo lançamento, De pernas para o ar: minhas memórias com Garrincha, é notícia nos mais diversos canais. Confira:

Presença de Elza Soares, mãe do autor, Gerson Suares, e Da Ghama: http://ofuxico.terra.com.br/noticias-sobre-famosos/elza-soaes-e-da-gama-conferem-lancamento-do-livro-de-garrincha/2013/05/07-170543.html

Mais fotos disponíveis no blog de Marcelo Borgongino: http://www.marceloborgongino.blogspot.com.br/

Image

Na foto, a Equipe Oficina Raquel prestigia o autor, Gerson suares.


De pernas para o ar: minhas memórias com Garrincha

De pernas para o ar: minhas memórias com Garrincha

Confiram os melhores momentos do lançamento do livro de estreia de Gerson Suares.

Visite nossa página no Facebook: http://www.facebook.com/media/set/?set=a.516804211714306.1073741827.206863999374997&type=3


Lançamento de “De pernas para o ar” é notícia no JB

Lançamento de “De pernas para o ar” é notícia no JB

Jpeg